12/10/2020

Hipótese Tautológica para "Raised by Wolves"

A série de TV "Raised by Wolves" foi lançada pela HBO recentemente e já começou a chamar atenção. Criada por Aaron Guzikowski e produzida (entre outros) por ninguém menos que Ridley Scott (que também dirigiu 2 episódios e seu filho Luke Scott outros 3), a série dança entre a ficção científica e a ficção fantástica, equilibrando elementos tecnológicos e místicos ao longo de seus 10 episódios nesta temporada inicial.

Nesta época de pandemia infelizmente as mesas de barzinho para conversar com os amigos estão suspensas (pelo menos para as pessoas com bom senso), então senti uma enorme vontade de colocar estas ideias que estão na minha cabeça em algum lugar e vejam só - tenho um blog exatamente para isso né?

12/07/2020

Podcast do Ausencialismo

Pois é, acabei me juntando à febre dos podcasts. Apesar de ser uma mídia de nicho específico, é algo com o qual acabei me identificando. E pensei outro dia; "tenho um computador, um microfone, uma interface de áudio e um monte de gente entediada na quarentena sem ter o que fazer..."

Acabei criando o "Podcast do Ausencialismo" a partir da ideia de fazer um "podcast sobre o nada". Imediamente lembrei de todo mundo que já teve essa ideia antes de mim, de Jerry Seinfeld até o seu primo de terceiro grau. Mas sabe um tema que ninguém pensou antes?

29/03/2020

Música para a Quarentena

Nesta época tão dificil que todos estamos vivendo, as pessoas dotadas do mínimo de bom senso estão prezando pelo isolamento e distanciamento social devido à pandemia global do Coronavírus (COVID-19).

A música é uma parte muito importante da minha vida e na minha experiência como músico, ela é capaz de ajudar a manter nossa cabeça no lugar. Obviamente, cada um funciona de uma forma completamente diferente do outro. Então estou compartilhando algumas das playlists que eu mesmo fiz no Spotify, se você curtir a ideia, segue lá e escute bastante. :)

31/12/2019

Essa tal de Resiliência

2019 foi mais um ano muito desafiador na minha vida, mas ao mesmo tempo em que aconteceram muitas coisas que eu gostaria que nem sequer existissem, também tive novidades e vitórias incríveis. A melhor palavra para definir algo sem o qual eu não teria conseguido perseverar é "resiliência".

Sim, este artigo é cheio de "corporativês" e publiquei há alguns meses no meu perfil do Linkedin. Segue aqui apenas um "bom conselho" e meus votos de que o ano de 2020 seja muito melhor para todos nós!

12/07/2019

KeyForge para Leigos

Recentemente comecei a jogar o KeyForge, que nada menos é que a nova criação do genial Richard Garfield, o lendário que criou o Magic: the Gathering, primeiro card game modern e líder neste segmento de mercado há 26 anos consecutivos no mundo inteiro.

O conceito do jogo é incrível: cada deck é diferente do outro, o que a empresa que o lançou registrou como Unique Deck (Deck Único). Na prática, cada baralho tem um nome único e uma combinação de 36 cartas para a qual a chance de haver outro baralho no mundo inteiro com exatamente a mesma combinação de cartas é de cerca de 1 chance em 41 trilhões. É nisso que dá pedir para um doutor em matemática combinatória criar um jogo onde todos os decks sejam diferentes uns dos outros.

08/02/2019

Sobre a necessidade de se despedir

Este texto tem um cunho pessoal muito forte e não vejo outra forma de começá-lo sem dizer que em 2016 eu já passava por um processo depressivo bastante grave, por vários motivos que não precisam ser expostos aqui, talvez sendo mais adequados para uma sessão de psicoterapia ou uma mesa de bar com amigos e amigas queridos.

E é justamente onde isso começa. Na cidade de Niterói eu sou de certa forma reconhecido por, bem... Não há outra forma de dizer isto: muito nerd. Mas conforme fui envelhecendo, a coisa foi mudando de forma, pois agora eu sou um "nerd das antigas". Comecei a jogar RPG em 1993 com 14 anos, viciei rápido. Fui para o Magic (jogo de cartas) em 1995, com 16 anos. Como a gente costuma dizer, "ganhei bastante XP".

06/01/2019

Commander para Leigos

Então pessoal, decidi finalmente compartilhar aqui algumas das minhas dicas sobre como montar um deck de Commander (EDH) para quem ainda não sabe direito o quê está fazendo.

Commander (antigamente conhecido como EDH - Elder Dragon Highlander) é um formato de jogo do "Magic: the Gathering" com foco em mesas com mais de 2 jogadores. Uma partida de Commander normalmente tem entre 3 e 4 jogadores, sendo que com 5 ou mais o jogo pode ficar muito lento e moroso.

Antes de ler meu guia, se você não conhece absolutamente nada do formato Commander, sugiro a leitura atenta da página da Wizards of the Coast que o explica muito bem.

Para quem gosta muito de jogar Magic, Commander é o formato ideal para se divertir com um grupo de amigos e disputar até a morte (fictícia) quem é o rei da mesa!


26/10/2018

Cyberfunk

O Cyberpunk é um sub-gênero de ficção científica futurista onde elementos de alta tecnologia e distopia social se misturam para criar um clima geralmente "noir". Dois de meus escritores favoritos, Philip K. Dick e William Gibson, são grandes nomes do gênero, quiçá os maiores.

O termo virou praticamente uma sub-cultura, pelo menos para aqueles que já perceberam que estamos vivendo neste mundo futurista distópico previsto por escritores entre 30 e 50 anos atrás. Sim, as coisas podem ser diferentes de como eles visualizaram, mas as mensagens e indícios são fartos. Eu sempre disse que o futuro da humanidade pode ser visto através do prisma das palavras de grandes escritores de ficção: com Jules Verne nós ousamos sonhar. Com Isaac Asimov nós começamos a construir ideias. Mas se a visão do Philip K. Dick se concretizar, estamos bem ferrados.

17/10/2018

Melhor ser ateu do que um católico hipócrita?

Hoje tive uma discussão desagradável, obviamente no Facebook. Um amigo, católico, postou este artigo onde Papa Francisco sugere que "é melhor ser ateu do que católico hipócrita." Obviamente, um amigo dele veio em cima dizer que era mentira, que ele não havia falado nada daquilo.

Muitos comentários depois, basta dizer que eu cheguei ao site do Vaticano, onde há transcrições de tudo o que os papas falam (isso me surpreendeu mesmo). Eis o que o Chicão disse, com suas próprias palavras, na manhã do dia 23 de Fevereiro de 2017:

06/07/2018

Quem é Deus?

Quando criança perguntei pra minha avó, que era católica-padrão-tipo-vovó-da-Turma-da-Mônica, quem é Deus. Ela disse: