27.12.14

Resenha: These Final Hours

O quê eu poderia dizer sobre um filme que foi um fracasso de bilheteria, que não ganhou nenhum prêmio relevante, está cheio de atores pouco conhecidos e abusa de um clichê hollywoodiano batidíssimo, apesar de ser uma produção australiana?

"These Final Hours" é um thriller que parte do seguinte pressuposto: um meteoro cai na Terra e dentro de algumas horas uma onda de destruição cauterizante cobrirá todo o planeta, eliminando toda a vida na superfície num evento de extinção de larga escala e aniquiliando completamente todos os seres humanos. Sim, é mais um filme sobre o fim do mundo.

Este filme sobre o fim do mundo começa com o personagem principal, James (Nathan Phillips) fazendo amor pela última vez com sua amante, Zoe (Jessica De Gouw), antes de ir para uma grande festa onde todos estarão chapados e doidões, aguardando a inevitável morte. No meio do caminho ele encontra uma menina, Rose (Angourie Rice), separada do pai. Neste momento começa uma jornada de tempo limitado que só poderá culminar num único final.


O mais interessante deste filme é como ele consegue não ser apenas mais uma história sobre um fim catastrófico e escaldante para o mundo, mas sim uma profunda reflexão sobre humanidade e moralidade. Sobre quando confrontados com o fim da nossa existência, nós podemos facilmente descambar para o hedonismo e aspectos sombrios da natureza humana. Entretanto tudo tem um outro lado, sempre.


Quando terminei de ver o filme, caiu um silêncio profundo em mim. Um silêncio causado pela inexorabilidade do destino. Um silêncio formado pela reflexão de que a nossa existência pode ser encerrada a qualquer momento, sem aviso e sem alarde. Um silêncio que nos faz refletir sobre as nossas escolhas.

Não me interessa se o filme não foi premiado, se foi mal nas bilheterias, se nem sequer foi lançado no Brasil e se tem como premissa principal um clichê. A reflexão sobre o silêncio não é algo que tenha valor. Recomendo este filme para todos.

Nenhum comentário: