12.11.12

Os Monstros Existem

Vou compartilhar um segredo com o mundo: os monstros caminham entre nós. Para piorar ainda mais a situação, eles são invisíveis.

Eles espreitam em cada esquina, vigiam todos os nossos movimentos. Tem garras longas e dentes afiados, dentro de bocas curvadas em sorrisos maléficos e cruéis. Seus corpos são cobertos de pelos ensebados e que poderiam brilhar à lua da lua, se eles não fossem invisíveis.

Os monstros estão do nosso lado quando acordamos de manhã e vamos para a escola, para o trabalho. Na hora do almoço nos aguardam escondidos em cada canto dos restaurantes. Também estão olhando quando chegamos em casa de noite e tomamos um banho, ou lemos um livro.

Um curioso fato amplamente desconhecido sobre os monstros é que eles gostam que nós continuemos com nossas rotinas, dia após dia. Mas ao mesmo tempo odeiam serem ignorados. A única função deles no mundo é inspirar o medo e horror, causar o pânico e a desordem, pois é disso que se alimentam: os nossos sonhos partidos, desejos frustrados, amores esquecidos. Algo sempre deve existir antes que possa ser destruído.

Talvez o aspecto mais importante sobre os monstros é que eles não ficam invisíveis para sempre.

Mas para enxergá-los, é necessário primeiro acreditar que eles existem.

Nenhum comentário: