Reeducação da Atitude Global (parte III)

Hoje vou terminar a série de postagens sobre Reeducação da Atitude Global e o tema é bastante óbvio pela imagem ao lado: tempo.

Outro dia estava conversando com algumas pessoas no trabalho e o assunto "tempo" acabou surgindo. "Eu não tenho tempo para isso", ou "meu tempo é bastante contado" foram frases muito usadas para falar não de assunto profissional, mas para protelar nossas metas pessoais e vida privada. Então eu fiz uma conta por alto e voltando para casa com a ajuda do meu iPod, coloquei no "papel" (aplicativo Notes, na verdade) para me assustar:

Eu só tenho cinquenta horas por semana para cuidar da minha vida.

Por isso entenda-se: excluídas horas de sono, tempo para higiene pessoal, alimentação, trabalho e trânsito para o mesmo. Se eu não fizer hora extra e dormir seis horas por dia de semana e oito horas aos sábados e domingos, sobram-me apenas cinquenta horas por semana para cuidar da minha vida, me divertir com minha família e amigos, escrever, ouvir música, estudar, tocar guitarra, transar, qualquer coisa. A dramaticidade da coisa toma um contorno diferente depois que você lembra que uma semana tem apenas 168 horas. Menos de um terço disto é apenas meu. Então fica aprendida a lição:

OPTIMIZE SEU TEMPO

Eu já tinha tomado algumas decisões mas agora tenho embasamento empírico para alterar meus hábitos - o tempo está passando, não estou ficando mais novo e tudo é desperdiçado. Internet? Jogos eletrônicos? Televisão? Tudo é irrelevante e pode ser reduzido ao mínimo aceitável. Vou usar meu tempo para estudar mais, aprender mais, cuidar da minha saúde, ganhar mais qualidade de vida com a minha esposa. Recomendo para todos.
Postar um comentário