Por quê não devemos tolerar o Bolsonaro

É convenção que frases como "oferecer a outra face" ou "aceitar e conviver com as diferenças" façam parte do arsenal de um pacifista, ou de alguém que esteja tentando mudar o mundo através da empatia e tolerância. Infelizmente cheguei num ponto da minha vida onde percebi o quão equivocada é tal tática. Talvez para entender o quê é a real intolerância, seja necessário ser parte da minoria ou grupo que é alvo desta. Eu sou homem, branco, hetero, CIS. Não faço parte de minorias. Já o filósofo austríaco Karl Popper, judeu que fugiu da Europa para sobreviver ao Nazismo, teorizou o "paradoxo da tolerância":
"Tolerância ilimitada leva ao desaparecimento da tolerância. Se estendermos tolerância ilimitada até mesmo para aqueles que são intolerantes, se não estivermos preparados para defender a sociedade tolerante contra a investida dos intolerantes, então os tolerantes serão destruídos, e a tolerância junto destes. (...) Nós devemos portanto declarar, em nome da tolerância, o direito de não tolerar o intolerante."

O Facebook é o seu pior inimigo

Às vezes eu acordo e gosto de lembrar de uma época mais simples. Não estou falando de tecnologia - eu amo a tecnologia. Adoro celulares, aparelhos, apetrechos diversos. Todo tipo de bugiganga me fascina. Estou falando de quando a gente conversava sobre política, entre outras coisas.

"Mas que absurdo" alguns dirão. "Eu falo sobre política todos os dias, me informo, não fico alienado." Bem meu camarada, se acha que entrar no Facebook diariamente é o suficiente para isso, tenho uma péssima notícia para te dar.

O Sentido da Vida?

Há milênios que a humanidade se faz uma pergunta, simples na forma e aparentemente impossível na resposta: qual é o sentido da vida?

Acho que finalmente entendi que o problema não é a resposta, mas sim a pergunta. O próprio Douglas Adams brincou com isso, com a "resposta" para a "pergunta fundamental" para a vida, o universo e tudo mais.

42. A resposta é 42.