21.10.14

Como se livrar de vícios

Alguns vícios são muito curiosos. Eu nunca usei nada que possa ser considerado ilícito no Brasil, nunca fumei, bebo mas não sou alcóolatra. Consigo viver sem a cerveja. Já passei semanas, até meses sem beber nada e sem nenhum motivo para isto. Talvez seja o melhor sinal de que sou uma pessoa sem vícios?

Errado. Até hoje eu me coço quando penso em refrigerante. Quando ouço o som da latinha sendo aberto, o borbulhar no copo com gelo, o cheiro, tudo. Dá água na boca, desperta um desejo irracional, uma sede que nem um litro de água seria capaz de saciar.

Há 3 anos atrás, em Outubro de 2011, fiz alguns exames e minha glicose bateu 250 mg/dl. É, tipo isso. Considerando meu histórico familiar, digamos que eu estava bem encaminhado para algo chamado "diabete". Então tive que tomar medidas bastante drásticas. Após algumas semanas de procrastinação, em Dezembro de 2011, parei de beber refrigerantes.

"Ohhh, grandes coisas" você pode dizer. O problema é que eu era viciado naquilo, não existe outro termo - afinal de contas, eu estava bebendo quase 2 litros de refrigerante por dia.

"UAU!" É, "uau" mesmo. E foi assim, parei do dia pra noite. Mantive durante quase um ano uma latinha de Coca-Cola na minha geladeira, como um lembrete constante do perigo da reincidência. O resultado? Seis meses depois fiz mais um exame e minha glicose baixou para 100 mg/dl. Isso sem mudar absolutamente nada na minha dieta, bastou cortar o refrigerante.

Em pouco mais de um mês celebrarei 3 anos sem beber refrigerante. É um marco pessoal e uma grande vitória, a qual gosto de compartilhar com todos meus amigos e amigas. Agora estou compartilhando com "a internet". Desde então me sinto mais saudável e nunca mais tive problemas com meu nível de glicose.

Agora vou compartilhar outro vício que pretendo pelo menos manter sob controle. O primeiro passo para me livrar dele foi remover o aplicativo do Facebook do meu celular.

O resto já se pode imaginar.

Nenhum comentário: