Janela

A menina do lado
Vai todo dia à janela
Para um ou dois
Cigarros fumar

Ela olha a vida
Todo dia da janela
Com tristeza nos olhos
De ver tudo passar

E cigarros ela fuma
Debruçada na janela
E chora, todo dia
Sem lágrimas derramar