30.4.12

O Dia da Toalha e sua importância

O Dia da Toalha é uma data que começou a ser celebrada em 25 de Maio de 2001. Sua escolha foi completamente aleatória, mas a homenagem não é: neste dia lembramos da vida e obra do Douglas Adams, escritor e roteirista inglês, mas não menos importante um notório preservacionista e ambientalista. Este dia no mínimo "curioso" para a maioria das pessoas foi originado da primeira homenagem feita por fãs, duas semanas após o falecimento de Adams, vitimado pelo câncer.

O que deve ser feito no Dia da Toalha? Você tira uma foto sua em algum lugar interessante (pode ser sua casa mesmo, na rua, na frente de monumentos históricos, etc). Mas o importante é não esquecer de tirar a foto com a sua toalha. Este movimento vem sendo liderado por um blog há anos, que reúne globalmente as informações acerca daqueles que comemoram tal dia e também publica as fotos mais divertidas dos fãs do Douglas Adams.

Ele ficou famoso mundialmente ao escrever a série de livros "O Guia do Mochileiro das Galáxias", que eventualmente virou um filme. Sua série de livros (composta por apenas dois volumes) sobre o detetive holístico Dirk Gently também é muito boa. Mas vivemos em tempos nos quais acidentes muito estúpidos podem estar prestes a se repetir, assim como a ganância do homem para subjugar a natureza apenas cresce. Douglas era contra isso, ele era uma pessoa que queria que o mundo se tornasse um lugar mais viável e limpo no futuro. Eu também penso assim.

Este ano não pretendo fazer uma bagunça generalizada, muito menos tenho a pretensão de organizar uma marcha. Não consigo levantar gente suficiente para isso, nem tenho tempo ou recursos. Mas na sexta-feira, dia 25 de Maio de 2012, exatamente 11 anos e 14 dias depois que Douglas Adams faleceu, quero fazer algo pela sua memória. Então minha idéia é ir para algum bar no Rio de Janeiro, ou casa de festas, para celebrar em alto estilo e vida e memória deste grande escritor e ambientalista.

Alguém teria alguma sugestão de onde poderemos ir? Só não pode esquecer sua toalha.

24.4.12

Se publicaram na internet é porque deve ser verdade, né?

Gente, algum babaca está espalhando por aí que a chamada "Lei da Ficha Limpa" (Lei Complementar 135/2010) foi vetada pelo congresso nacional e que a mídia está censurando o assunto... NÃO ACREDITEM! Leiam os links que acabei de compartilhar... Se informem, pelo amor dos seus filhinhos!


A internet é um prato cheio para oportunistas, alarmistas, spammers, anônimos e outros tipos de roedores de esgoto. A tal "notícia" censurada aparentemente começou numa comunidade do orkut (putz, ainda tem gente usando aquilo, incrível) e agora tomou o facebook de assalto através de arquivos de imagem com um texto que além de mal escrito é muito pedante.

Uma coisa é gerar percepção pública através de discussão séria para aquele que eu acredito ser o maior problema do nosso país: a corrupção. Outra coisa é inventar uma mentira para gerar esta percepção. Você não pode simplesmente enganar as pessoas para despertar nelas o senso crítico e o desejo de lutar pela sua cidadania.

Para piorar, os cretinos tem espalhado a imagem no facebook sempre acompanhada da foto de uma mulher bem gostosa. Só assim pra chamar atenção, não é verdade? Vejam abaixo o texto original que tem circulado:


ESCÂNDALO NACIONAL

Para quem não sabe, ontem, foi rejeitada a votação, na Ordem do Dia da Câmara Federal, o Projeto de Lei FICHA LIMPA, que impede a candidatura a qualquer cargo eletivo, de pessoas condenadas em primeira ou única instância ou por meio de denúncia recebida em tribunal - no caso de político com foro privilegiado - em virtude de crimes graves, como: racismo, homicídio, estupro, homofobia, tráfico de drogas e desvio de verbas públicas..

A imprensa foi censurada e está impedida de divulgar ! Portanto, vamos usar a internet, para dar conhecimento aos outros 198.000.000 de brasileiros¹ que os deputados federal traíram o povo!

Espalhe esta notícia; segundo dados, uma mensagem da internet enviada a 12 pessoas, no fim do dia chega a 30.000 usuário². Vamos espalhar!

Fiz minha parte, faça a sua!!!!!³


(1) Nota do Bart: na verdade a última estimativa do IBGE colocou o Brasil com uma população de 192 milhões de pessoas, em 2011.

(2) Nota do Bart: "30.000 usuário" (sic). "Segundo dados". Uau. Isso realmente dá uma dimensão totalmente nova de credibilidade ao texto, não é verdade?

(3) Nota do Bart: quanto maior o número de exclamações numa frase, mais importante e grave é o assunto, isso é óbvio.

14.4.12

Praticando a Arte do Insulto

Recentemente tive problemas com a internet. Não foi com uma pessoa em especial, ou com um grupo das mesmas. Foi com a internet mesmo.

Algumas pessoas que eu não conheço passaram a visitar este meu blog e fazer comentários. Percebi que era gente que queria aparecer. Eventualmente acabei me irritando com elas, mas aí percebi uma coisa: algumas dessas pessoas não tem nome e não tem rosto. Escondem-se atrás de "aliases", de apelidos anônimos, siglas misteriosas e tendem a elevar a um patamar muito interessante. Elas realmente acreditam que tem mais importância do que possuem de fato.

Aí comecei a pensar com meus botões: eu não dou importância a este tipo de gente, mas aparentemente elas adoram vigiar minha vida, o que eu escrevo, o que eu penso. Então posso presumir que quem está em destaque não são elas, sou eu. Se a minha opinião é tão relevante para elas, é porque eu devo estar fazendo algo de certo - ou errado.

O que estou fazendo de errado é prestar atenção no que escrevem os covardes anônimos (que como diz o aviso ali do lado, são convidados a se retirarem e todos os comentários anônimos ou de pessoas cujas existência física não possa ser comprovada serão removidos). Eu não preciso deste tipo de gente, mas aparentemente eles precisam de mim.

A internet possibilita este recurso covarde e inconstitucional do anonimato. Qualquer um pode se esconder atrás de um e-mail falso, uma foto falsa, um nome falso. É a coisa mais simples do mundo. Então o meu problema é com a internet, não com as pessoas infelizes que utilizam tais recursos. As discussões seriam muito mais saudáveis se fossem como na vida real: entre pessoas de verdade. Mas o que temos aí são n³ "trolls", "flamers" e etc.

Então se você me trata como se eu fosse famoso ou relevante, te darei tratamento equivalente. Como qualquer famoso ou pessoa de grande importância, vou te ignorar, fingir que você não existe. Você terá que se deliciar com aquilo que eu escrevo silenciosamente, ou gritando com a sua meia dúzia de leitores e parceiros. Mas conviva com o conhecimento de que sua opinião é algo completamente irrelevante para mim.

Aprendi isso com este cara aqui. Ele é famoso e rico, deve saber o que faz:




3.4.12

Drops Mentais: atrasadão

Eu odeio quando acontece este tipo de situação no facebook ou em chats (e vejo este tipo de coisa acontecer há muito tempo):

Fulano: "Gente, onde eu posso comprar uma carrapeta nova pra minha torneira???"
Siclana: "Putz nem faço idéia, foi malz... :("
Fulana: "Pode ir em qualquer loja de ferragens que eles vendem."
Fulano: "Êêê brigadão fulana, valeu!!! ;)"
Beltrano: "COMPRA NUMA LOJA DE FERRAGENS"

Além de usar caps lock, responde a algo que já foi respondido. Não sei se é dislexia, necessidade de auto-afirmação ou preguiça de ler.