11.1.12

O novo poder da internet

Sei que o assunto já é meio "antigo", mas aqui está um exemplo do novo poder que a internet exerce junto à opinião pública. Creio que a tendência atual seja que este tipo de denúncia se torne mais comum, pois tamanha exposição pública acaba praticamente forçando que o ministério público e a polícia façam algo. E dá-lhe playboy admitindo que bebe e dirige depois da balada, agressões em boite filmadas, gente racista e preconceituosa falando asneiras no twitter e no facebook.

Agora, e que tal se tamanha comoção pública também englobasse a corrupção? Não quero incorrer em falácia, mas é fato que as pessoas comuns não denunciam corrupção - talvez por medo, talvez por nem saberem direito o que é um ato corrupto quando o enxergam. Se pelo menos a gente reclamasse e gritasse tanto na internet quanto nestas outras "causas perdidas", talvez o cenário global fosse um pouco diferente.

Novamente, não quero dizer que "a minha causa é mais importante que a outra". Isto aqui é apenas um desabafo, sobre como a "minha causa" tem tão poucos adeptos realmente leais.


Nenhum comentário: