23.7.10

Jogo Justo

Então, hoje é o tal dia do Jogo Justo no Twitter, que está tentando emplacar a hashtag #jogojusto nos TTs. Interessante a proposta, claro que eu apoio - tem muito interesse marketeiro da Walmart, mas se eles estão realmente ajudando na causa, não vejo mal nisso.

Porém, após ler o texto sobre como os jogos são ultra-mega-super taxados aqui, lembrei de algumas coisas. Primeiro, trabalhei por muito anos com importação de materiais e sei muito bem como funcionam estes procedimentos. O texto não mente, jogos realmente são taxados de forma abusiva.

Com isto em mente, quando estive em Junho na Inglaterra procurei em algumas lojas a nova expansão de The Sims 3: Ambições (a Clara adora jogar The Sims, deve ser o equivalente moderno a brincar de boneca). Fui a várias lojas e o preço era sempre o mesmo: £29,90. Com a Libra na época custando cerca de R$ 2,70 podemos concluir que o preço de lançamento do jogo era algo em torno de R$ 80,73.

Achei estranho, pois o jogo estava sendo vendido por R$ 80,00 no Brasil. Voltei pra cá, fui à Saraiva Megastore no centro do Rio e achei o mesmo jogo por R$ 69,90 - o tipo de promoção que apenas as lojas grandes podem fazer. Comprei o negócio pra Clara, satisfeito por ter pago menos do que pagaria na Inglaterra.

Aí veio esta conversa toda do Jogo Justo e pensei: como diabos consegui comprar o The Sims 3 Ambitions mais barato aqui? Pesquisei em sites ingleses, o preço atual do jogo é em média £25,90 (ou R$ 69,93), ou seja, continua praticamente o mesmo preço que eu paguei há mais de um mês atrás. Como seria possível que o preço deste jogo fosse o mesmo aqui e na Inglaterra, mesmo com todos os impostos de importação e custos adicionais?

Elementar, meus caros leitores. Basta ler na caixa do jogo os dizeres: Produzido no pólo industrial de Manaus. Ah tá.

Então não basta reduzir os impostos de importação. Será que a indústria local não se interessaria em produzir e distribuir mais jogos? Será que esta opção não ajudaria a gerar mais renda internamente, assim como eliminar desnecessários custos de logística e gerenciamento?

Não aos impostos abusivos. E sim ao fomento à indústria nacional. Assim todo mundo ganha com o Jogo Justo.

Nenhum comentário: